Quem inventou o sprinkler?

Por | | 0 Comentário

Henry S. Parmalee criou, em 1874, um equipamento de aspersão de água que atuava no combate a incêndios em edifícios. Neste mesmo ano ele inaugurou a primeira versão, instalando o sistema em sua fábrica de piano.

Em 1881, Frederick Grinnell evoluiu o projeto de Parmalee e patenteou o invento. Ao longo dos anos, procurou melhorar ainda mais o funcionamento e, em 1890, criou o aspersor disco de vidro, que é praticamente igual ao que é usado nos dias de hoje.

A partir desse momento os sprinklers começaram a ser utilizados em edifícios comerciais e passaram a ser uma exigência das companhias de seguros que atuam no mercado daquela época.

Grinnell era formado em Engenharia pelo Rensselaer Polytechnic Institute, em 1855, começou a vida profissional como projetista, depois como engenheiro de construção e gerente de uma fábrica de equipamentos para vias férreas.

Era de família rica e, em 1869, comprou uma fábrica de equipamentos de combate a incêndios, a Providence Steam and Gas.

E foi a partir disso que adquiriu os direitos de produção do invento de Parmalee e começou a desenvolvê-lo, a ponto de instalarem cerca de 200 mil sprinklers entre os anos de 1878 e 1881.

O modelo de 1881 foi uma versão automática da invenção de Parmalee e ficou conhecida como Irrigador de Grinnell. Esse foi um dos passos mais importantes para o sucesso comercial do sprinkler.

Grinnell também levou o seu invento para a Europa e lá conseguiu um sucesso imediato na Inglaterra e na França.

E o trabalho de desenvolvimento não parou mais. Foram mais de 40 patentes, o que deu ao sistema de Sprinkler uma capacidade de atuação que transmite segurança para os ambientes que os utilizam.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *