O que é um sistema de espuma?

Por | | 0 Comentário

O sistema de espuma, também conhecido como sistema de resfriamento, é um projeto muito bem elaborado para combater incêndio. O sistema de espuma é um projeto de engenharia feito em parceria com empresas especializadas, como a Protector Fire, e possui uma série de equipamentos de qualidade que são acionados em caso de perigo causado por fogo, como os seguintes:

O sistema de espuma é ideal para extinguir e eliminar o fogo em áreas de concentração de líquidos inflamáveis e combustíveis. Espaços que acumulam gasolina, álcool, diesel, querosene, entre outros líquidos inflamáveis podem contar com um sistema de espuma profissional, feito sob medida para garantir a proteção que estes espaços precisam.

No sistema de espuma são considerados diversos elementos, como as bombas e seus dimensionamentos, além das tubulações, com os mais diferentes diâmetros. É preciso planejar também a reserva de Líquido Gerador de Espuma em um sistema completo e complexo.

 

Como funciona o sistema de espuma

O sistema de espuma ataca o fogo através do abafamento. O fogo é interrompido porque a espuma corta a corrente de contato do inflamável com o oxigênio, quebrando a conexão de aresta do tetraedro.

Porém, o sistema de espuma é muito mais eficiente e importante do que parece, já que além de combater os incêndios, ele serve para prevenir eventos com fogo, aumentando a segurança, a proteção das vidas e dos equipamentos. Se houver vazamento de inflamáveis, uma espuma de baixa densidade será expelida pelo sistema, atingindo exatamente a superfície do líquido espalhado. Isso é muito importante para evitar o início de fogo, já que a espuma não deixa que haja a liberação de vapor inflamável, minimizando a possibilidade de grandes estragos.

 

Onde é utilizado o sistema de espuma

O sistema de espuma pode ser aplicado em vários ambientes que apresentam concentração de inflamáveis. Entre eles estão os seguintes:

  • Refinarias;
  • Área de carregamento de combustível;
  • Hangares;
  • Bacia de contenção;
  • Aeroportos;
  • Tanques de estocagem;
  • Plataformas;
  • Indústria química;
  • Indústria petroquímica;
  • Estações de bombeamento;
  • Armazém de combustíveis;
  • Muitos outros.

Nos mais diversificados espaços, é preciso considerar a efetividade técnica de um sistema de espuma, realizando a dosagem de LGE nas seguintes proporções:

  • Proporção de 1%;
  • Proporção de 3%;
  • Proporção de 6%.

Em sistemas de dilúvio feitos com espuma também é realizado o mesmo procedimento de averiguação técnica e proporção de LGE. É preciso, em um primeiro momento, detectar a área que deve ser protegida. Em um segundo momento, a válvula de dilúvio é aberta para fazer a liberação de LGE, que pode vir de um bladder tank ou de um tanque atmosférico.

É importante o cliente saber que o sistema de espuma é muito eficiente para ser aplicado em áreas que concentram inflamáveis e combustíveis, evitando acidentes e controlando casos que poderiam se transformar em grandes tragédias, marcadas por incontável prejuízo.

A Protector Fire oferece aos clientes, desde 1999, as melhores soluções de sistema de espuma para aqueles que precisam de segurança e um investimento baseado na melhor relação de custo-benefício do mercado. Para receber mais informações, entre em contato agora mesmo com a equipe de atendimento da Protector Fire!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *