Como escolher o sistema de acionamento das válvulas de dilúvio?

Por | | 0 Comentário

Quando se planeja um sistema de proteção de incêndio é preciso contemplar como funcionarão as válvulas de dilúvio. Elas serão acionadas de forma manual ou automática?

 

Feito isso, é preciso definir se os sprinklers do anel de detecção serão disparados por um sistema hidráulico ou pneumático. O trim de acionamento da válvula dilúvio também deve ser projetado nesse momento.

 

 

Se você está em fase de avaliação do sistema de acionamento das válvulas de dilúvio, a seguir, explicamos a melhor forma de escolhê-lo:

 

 

Por que investir em um sistema de acionamento de válvulas automático ?

 

Quando você opta por um sistema de proteção contra incêndio automático, os equipamentos são acionados imediatamente após a detecção das chamas.

 

Neste sistema não há interferência humana na tomada de decisão. Assim, o fogo é combatido rapidamente em locais remotos.

 

Existem os sistemas hidráulico (com água) e pneumático (com ar comprimido) nos sistemas hidráulicos. As linhas de aspersores e tubos são iguais, mas a diferença está no tipo de acionamento.

 

Em geral, as válvulas de dilúvio são hidráulicas e ligadas a uma tubulação de água de incêndio. Entretanto, podem ocorrer vazamentos e corrosões em alguns casos e, por isso, as válvulas pneumáticas, acionadas “a seco”, podem ser indicadas.

 

 

Devo escolher o sistema hidráulico ou pneumático?

 

 

Existem vantagens e desvantagens de optar tanto pelo sistema hidráulico quanto pelo pneumático.

 

 

As características do sistema hidráulico são, basicamente: a água pode ser utilizada para alimentar a linha e a válvula, gerando economia. Os pontos negativos são que a água pode causar vazamentos e corrosões, além de bolsas de ar, interferindo no funcionamento da válvula.

 

Questões de limitação de altura também podem limitar a capacidade de abertura da válvula de dilúvio.

 

 

Já o sistema pneumático, que é uma operação mais “limpa”, utiliza meios não corrosivos e não possui limitação de altura. Por outro lado, pede equipamentos adicionais para pressurizar o ar (compressor ou outro dispositivo).

 

Assim, há mais custos e demora na ativação da válvula de dilúvio devido à necessidade de compressão. Em geral, esse tipo de válvula é utilizado com água do mar porque eleva a confiabilidade de resposta da válvula que controle o fluxo de gases e líquidos.

 

 

Em geral, sistemas pneumáticos de combate a incêndio são utilizados para controlar incêndios em indústrias, refinarias ou petroquímicas.

 

Já os sistemas com válvulas de dilúvio hidráulicas são utilizados em locais mais remotos. Também precisam de menos manutenção do que os pneumáticos, com menor custo de instalação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *